segunda-feira, 20 de agosto de 2012

À Mãe, Negra, Avó

A luz do outrora
Que renasce no amanhã,
Traz o brilho dessa força
Que só vi nessa manhã.
 
A força do braço de ferro
Braço cor de jambo
O mesmo que me ergue
É que do alto mostra
Sorriso de acalanto.
 
As marcas e expressões
Que por onde passam são reconhecidas
São o vigor da idade
De uma mulher que já deu à vida
Muitas vidas
E vidas.
 
E deve ser reconhecida
Num instante eterno
De magia
Agradecendo por inteiro
Dizendo :
- Obrigada, manegavó!

D's

Dos viados adultos.
Dos túneis, das pontes.
As pontes aéreas.

Do carro, da carroça, a aeronave.
 Do mar, o cerrado.

Da cor a cura.
Da sombra a loucura.
A paz, de neve, da pá na terra.

A sorte do dragão, do leão ao colchão, o tesão.
 Do amor o riso.

Da graça sem graça.
O bobo palhaço.
De cara amassada.
A vida armada,
arreganhada,
atropelada,
arregaçada.

Furada.
Jogada em vão no buraco negro, a escuridão.

Na dor do amor.
Do caos.
Da dor.

A dor do amor.
O amor dá a dor no sem sentido da razão.

. Passando .

Em poucos dias completo mais um ano de vida
e hoje paro para pensar nos muitos poucos anos que vivi.
Lembro do que pensava, do que falava, das coisas que queria.
A roupa largada, o cabelo emaranhado.
As músicas da época, as danças desengonçadas.
Os amigos para sempre, as almas gêmeas da estação.
*Não costumo postar palavras que não pertençam a mim,
mas nesse dia em especial acredito ser válida a publicação em meu blog
de um dos meu ‘heróis’ da música brasileira, com uma das músicas de seu novo disco “De Passagem”.
Então passando pelos bosques da vida,
encarando claridade e escuridão,
a música abaixo é para aqueles que fazem parte
do meu mundo,
para os que foram,
para os que estão,
para os que vão
e aqueles que ainda virão.
Aos amigos da questão, dedico:
Velhos Amigos
Oswaldo Montenegro
Velhos amigos vão sempre se encontrar
Seja onde for, seja em qualquer lugar
O mundo é pequeno, o tempo é invenção
Que o amor desfaz na tua mãoNada passou, nada ficará
Nada se perde, nada vai se achar
Põe nosso nome na planta do jardim
Vivo em você e você dorme em mim
E quando eu olho pro imenso azul do mar
Ouço teu riso e penso: onde é que está?
A nossa planta o vento não desfez
É nunca mais, mas é mais uma vez

. Ainda .

Não me importam olhares
Nem sorrisos alheios.
Porque meu coração é seu,
De mais ninguém.
Cada alegria do meu dia te pertence,
Cada piscar de olhos é uma lembraça de nós dois.E mesmo longe,
Onde quer que eu esteja,
Serei sua,
De mais ninguém.
Porque meu amor é seu.

. Só Você .

Hoje preciso lhe dizer que todo meu amor é seu e não pertence a mais ninguém, apenas seu. Porque foi você quem me trouxe a lembrança de como é bom sonhar. São suas palavras que me fazem rir e sorrir até lágrimas de alegria escorrerem por meu rosto. São seus dedos que fazem as cócegas mais gostosas, é o seu olhar que me deixa envergonhada. São os seus beijos que enlouquecem, é o seu carinho que me derrete. Seu sorriso é o único que me fascina, me deixando com cara de boba apaixonada. Porque é o que realmente sou, uma mulher apaixonada. E só sou mulher porque foi você quem me fez enxergar, porque é você quem me trata como tal. Hoje sou uma mulher apaixonada pela vida, pela intensidade dos sentimentos que causamos um ao outro, pela felicidade que nosso amor nos proporciona. Sou apaixonada por você.
E com orgulho de tê-lo a meu lado digo a quem quiser saber, e a quem não quiser também, que você é o meu homem, que sou sua mulher e você meu grande amor.

. Refletindo .

Quando me lembro do teu sorriso vejo um rosto de menino, breve, pleno, calmo e agradável. Se olho dentro de teus olhos enxergo a tua alma, refletida como cristal a luz do sol. Esse mesmo menino, quando me abraça traz a segurança de Alcatraz, em seu colo sou capaz de dormir sem o medo de não acordar. Esse mesmo menino a quem agarrada estou é o homem que me levanta, que me leva ao céu, que me faz sentir mulher. É o mesmo que me causa frios e calafrios, que me deixa com vergonha ao me chamar de linda, que prova em poucas palavras e pequenos gestos que é possível apaixonar-se.

. Eu .

O chapéu caiu,
Não mais esconde o meu sorriso
Mostro como sou feliz.
E você me faz assim,
Melhor.
Sou boa sem ninguém,
Alegre como ninguém,
Sem ninguém
Descobri o meu alguém.
Você apareceu
Num momento bom,
E fez do meu um mundo colorido.
Agora sou melhor do que eu poderia ser.
É lindo o nosso sentimento,
É mágico nosso enlace.
Sem ninguém
Sou alguém,
E com você
Mostro ao mundo,
Sem medo
Que esse alguém
Sou eu.