segunda-feira, 20 de agosto de 2012

. A Espera .

Mais um dia se passou e ainda há tantos por vir, sinto como se cada gota de chuva lá fora fosse mais um ano sem te ver. Espero ansiosa pelo momento de, novamente, encontrar o teu sorriso, de me aquecer no teu abraço. Nada é mais triste que as risadas através da janela embaladas pela música romântica do barzinho ao lado de casa. Os motores que me fazem trepidar criam a vontade de correr ao teu encontro para dizer-te baixinho como o nosso amor é bonito. Apenas a lembrança do teu olhar me traz calma para esperar o amanhã e mais um dia começar, sem chorar, sentir o sol e sorrir sabendo o que é amar, o que é ser amada por um homem de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário