segunda-feira, 20 de agosto de 2012

. À Montenegro .

As ideias que me permitem caminhar,
As ideias que me permitem flutuar,
Nada se passa como antes,
Nada parece com o agora.
Consigo viajar
No som de sua melodia,
No som de sua voz,
Nos graves e agudos,
Nos altos e baixos.
Na tentação de ser mais,
Na vontade de ficar ao seu lado sempre,
Ouvir sua voz cada vez mais perto
Pedindo-te por favor cante.
Cante como se não houvesse amanhã,
Como se não houvesse nada a ser dito,
Apenas cante,
Cante o que está em seu coração.
Cante, quero ouvir sua voz
Mais uma vez, mais uma vez,
Por favor, cante.
Suas palavras, expressões, gestos,
Seu suor,
Tudo é arte, tudo,
Tudo é música,
Tudo é melodia,
Sua letra,
Seu sorriso,
Tudo
Tudo
Tudo
Tudo
Tutum
Tutum
Tutum

Nenhum comentário:

Postar um comentário