segunda-feira, 20 de agosto de 2012

. Refletindo .

Quando me lembro do teu sorriso vejo um rosto de menino, breve, pleno, calmo e agradável. Se olho dentro de teus olhos enxergo a tua alma, refletida como cristal a luz do sol. Esse mesmo menino, quando me abraça traz a segurança de Alcatraz, em seu colo sou capaz de dormir sem o medo de não acordar. Esse mesmo menino a quem agarrada estou é o homem que me levanta, que me leva ao céu, que me faz sentir mulher. É o mesmo que me causa frios e calafrios, que me deixa com vergonha ao me chamar de linda, que prova em poucas palavras e pequenos gestos que é possível apaixonar-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário