segunda-feira, 20 de agosto de 2012

. Saudade .

Saudade,
me trai te trazendo até mim,
não sou capaz de te tocar,
não posso te beijar, apenas olho.
Não gosto do que vejo,
meu reflexo em seus olhos marejados,
essa tristeza que te cobre apunhala meu coração,
como um cervo desgarrado a procura de piedade,
sem ter alguma dignidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário